Onde o mar se usou para estar – Encontrado onde o mar era forte e dobrado na costa, tomando lhe a grão pela grão, era de nenhuma maneira ricos mas apreciado cada onda, cada redemoinho saboroso salgado, recolheu, a espuma em seus bordos. Na noite, as ondas chegaram outra vez, um cheiro no ar um perfume da salmoura, esperou nos mares pesados, Para descansar em sua praia, recolha seu estouro do mar amando esse sol e mesmo areia nos lugares. Mas o sol sentado – e choveu na noite levemente e através dos prados. Quando a névoa macia se estabeleceu dentro soube, Soube havia uma parte traseira do desengate ao mar. Dave 1 dezembro 08

Advertisements